Cidade

Caravana ‘OAB/MS contra o Feminicídio’ visitou Corumbá

Fonte: Assessoria de Imprensa OAB/MS em 30 de Janeiro de 2018

Divulgação

Para debater as condições de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica, a ‘Caravana OAB/MS contra o Feminicídio' visitou na última sexta-feira (28), a cidade de Corumbá, onde foi realizada uma reunião com o Presidente da 1ª Subseção, Roberto Lins e Diretoria.

Os advogados e advogadas participaram do encerramento do Curso de Capacitação da Guarda Municipal denominado ‘Patrulha Maria da Penha', na sede da Ordem. Após o evento, os presentes debateram as condições de atendimento às mulheres vítimas de violência e as orientações realizadas para alinhar as metodologias de trabalho utilizadas.

"Nada melhor do que ouvir os desafios enfrentados por vocês, que lidam diariamente com o problema para juntos traçarmos a melhor maneira de acolher as vítimas", destacou a Conselheira Eclair Nantes.

Também participaram do evento a Coordenadora de Políticas Públicas para Mulher, Wania Alecrim de Lima; a Assessora Executiva da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, Jane Contu; a Presidente do Conselho Municipal dos direitos da Mulher, Rosiene do Espírito Santo Mauro; a Delegada de Atendimento à Mulher de Corumbá, Thais Cavalcante França, o Defensor Público, Vagner Fabrício Vieira Flausino, o Tenente-Coronel da Polícia Militar, Cézar Freitas Duarte, e o Vereador André Luiz Pereira Fernandes.

A equipe de advogadas que fazem parte da ‘Caravana OAB/MS contra o Feminicídio' ouviu as sugestões dos guardas, psicólogos e assistentes sociais em relação ao atendimento às mulheres.

"Neste primeiro momento, precisamos desconstruir alguns conceitos para fortalecer e aproximar as instituições, consolidando a Rede de Proteção à Mulher", avaliou o Presidente da subseção, Roberto Lins.

Será criada agora uma comissão mista que dará continuidade aos trabalhos pelas outras cidades do Estado. As próximas cidades que vão receber visita da Caravana serão: Dourados/Ponta Porã, Nova Andradina, assim como São Gabriel/Coxim, além de Paranaíba.